Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, 8 de junho de 2010

Miopia de marketing

Quando a Apple ultrapassou a Microsoft em capitalização bolsista (há pouco tempo), o CEO desta última disse aos jornalistas que não estava preocupado porque 94 em cada 100 PCs vendidos, tinham Windows inside.

Na realidade, o senhor Balmer deu-nos mais um exemplo de miopia de marketing.

Está focado no produto (MS Windows) e perde de vista a necessidade que o mesmo satisfaz.

Se olharmos para o mercado dos sistemas operativos (computadores e smartphones e, agora, iPads) a quota de mercado da Microsoft está em queda acentuada.


Ninguém quer um sistema operativo. Não é um bem. Só compramos um, porque vem com a máquina. Essa é que satisfaz (ou não) as nossas necessidades.

As necessidades que dantes eram satisfeitas apenas por PCs (quando a Microsoft era dona do mercado), podem hoje sê-lo por outros aparelhos.

Ora, nesses aparelhos, a Microsoft não vende grande coisa (os smartphones são maioritariamente equipados com Symbian, Android ou Apple), pelo que está a ser ultrapassada.

Só que não vê isso, porque está com os olhos focados no produto.

Miopia.
De marketing.

0 comentários: