Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Empreendedorismo: risco e recompensa

Num recente artigo, o economista chefe dum dos principais organismos dedicados ao fomento do empreendedorismo nos USA, o Office of Advocacy of the U.S. Small Business Administration, Chad Moutray, analisou os rendimentos anuais das pessoas que terminaram um curso universitário em 1993, nos estados unidos, vinte e cinco anos mais tarde, e comparou os empreendedores com os assalariados.

Os resultados podem ser analisados nesta tabela, retirada daquele artigo:



Olhando para a tabela, é fácil concluir que há muito mais empreendedores ricos (ganham mais de US$100 mil por ano) do que assalariados.

Portanto, quem quer ser rico, o melhor caminho para o conseguir não é trabalhar como assalariado para os outros (e isto é apenas uma conclusão de senso comum).

Mas, olhando melhor para a tabela, também podemos concluir que há muito mais empreendedores pobres (menos de US$20 mil) do que assalariados!

Ou seja, este é um caminho de risco! É muito mais seguro trabalhar como assalariado (mais de 80% pertencem à classe média!).

Como se diz na nossa terra, quem não arrisca não petisca!

Curiosamente, este é o slogan do programa de apoio ao empreendedorismo na Amadora:



0 comentários: